Total de visualizações de página

Horario de Brasilia

PITIMBU NOTÍCIA

quinta-feira, 24 de outubro de 2019

Monitoramento do Litoral Sul da Paraíba tem uso de drones após manchas de óleo em Pernambuco





Uma força-tarefa entre Marinha e Polícias Militar e Civil monitorou com uso de drones cerca de 12 km do litoral sul da Paraíba na manhã desta quinta-feira (23) diante da iminência das manchas de óleo chegarem em águas paraibanas. Os drones voaram desde a divisa com Pernambuco até o fim dos limites do litoral de Pitimbu, cidade mais ao sul da costa da Paraíba.
O governador da Paraíba, João Azevêdo (PSB), anunciou na terça-feira (22) que o monitoramento do litoral paraibano seria ampliado após o registro novas manchas nas praias mais ao norte do estado de Pernambuco, uma área próxima da divisa com a Paraíba.
O tenente Durval Figueiredo, da Polícia Militar, explicou que houve uma solicitação por parte da Marinha e da Superintendência Administrativa do Meio Ambiente da Paraíba (Sudema) para que as polícias do estado dessem um suporte ao trabalho de vistoria das praias com os equipamentos de drone.
“Eles fizeram um reconhecimento pela praia e nós fizemos o sobrevoo para verificar se realmente identificava alguma coisa, mas neste período [desta quinta-feira], tanto na manhã, quanto à tarde, não foi encontrado nenhum vestígio”, comentou o tenente da PM.
O município de Pitimbu informou que foi criado um Gabinete de Acompanhamento da Crise. Cada secretaria ficou responsável por uma ação voltada à sua área, mas todos em alerta máximo. A Capitania de Portos está monitorando o litoral de Pitimbu de Acaú na divisa com Pernambuco até Praia Bela, limite com o município de Conde.


Pitimbu está em alerta após registro de manchas ao norte de Pernambuco, próximo à divisa com a Paraíba — Foto: Divulgação/Polícia Militar da Paraíba

Pitimbu está em alerta após registro de manchas ao norte de Pernambuco, próximo à divisa com a Paraíba — Foto: Divulgação/Polícia Militar da Paraíba
“Todas as Equipes de Saúde da Família estão de sobreaviso para qualquer emergência. A Secretaria de Educação e Turismo e Meio Ambiente irão fazer palestras nas escolas, a Secretaria de Obras e Serviços Urbanos vai fazer a coleta . Foi decidido a aquisição de Equipamentos de Proteção individual, EPI’s”, explicou Francisco Carlos Pinheiro, secretário de Turismo e Meio Ambiente.
Ainda de acordo com o secretário, no momento toda ajuda é bem-vinda no caso de se confirmar a chegada da mancha no município. Francisco Carlos Pinheiro informou que recebeu a ligação de uma fábrica de cimentos de Pernambuco que se disponibilizou a receber o óleo que venha a ser recolhido no município para ser incinerado e doar sacos para o correto acondicionamento do petróleo.
O governo da Paraíba convocou também pesquisadores da UFPB para colaborar na fiscalização da dinâmica das correntes marítimas. O oceanógrafo e professor da UFPB, Tarcísio Cordeiro, afirmou em entrevista ao G1 que o petróleo bruto encontrado no litoral nordestino poderia afetar os arrecifes e corais na costa paraibana, impedindo o crescimento dessas estruturas e favorecendo o processos de erosão.
G1
Portal Litoral PB 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

é um prazer em ter seu comentário em nosso Portal